Secretaria alerta para vacina contra o sarampo

0
9

Mesmo sem casos confirmados de sarampo no Paraná, a Secretaria de Estado da Saúde está em alerta devido aos surtos da doença que ocorrem em alguns estados do país, incluindo o estado vizinho de São Paulo, que já registra 384 casos confirmados neste ano.

Pela proximidade e pelo fluxo de pessoas entre um estado e outro, o Paraná reforça a vigilância e o monitoramento para o sarampo e reforça a necessidade de vacinação, que é a única forma de prevenir a doença. Nos meses de junho e julho três turistas paulistas foram atendidos com sarampo aqui no Paraná.

Alfa - Auto Posto
Barbados Barbearia e Salão
Pão de Queijo Guaíra
OdontoMax - Cascavel
Omega Relojoaria

A transmissão do sarampo ocorre de forma direta e rápida, por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. As partículas virais ficam suspensas no ar. Os primeiros sintomas são febre alta, tosse, coriza e conjuntivite, seguidos de manchas avermelhadas pelo corpo.

O esquema vacinal vigente prevê duas doses da vacina contra o sarampo para pessoas de 12 meses até 29 anos de idade, sendo uma dose da vacina tríplice viral aos 12 meses de idade e uma dose da vacina tetra viral aos 15 meses de idade. Até 29 anos a pessoa deverá ter recebido duas doses. Uma dose da vacina tríplice viral também é indicada para pessoas até 49 anos de idade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here